• Otto

Saiba como Cuidar Corretamente da Unha Encravada


Cuidar corretamente da unha encravada é fundamental, mas é necessário ter consciência de que diferentes estágios exigem diferentes tratamentos.

A unha levemente encravada, pode ser tratada em casa mesmo, seguindo esses passos:

  • Deixe o dedo repousar em água morna por 20 minutos;

  • Levemente, levante o canto da unha encravada com uma pinça e coloque um fio dental, algodão ou gaze para separar a unha da pele. Realize essa técnica diariamente;

  • Passe alguma solução antisséptica para ajudar na cicatrização e evitar infecções;

Mas vale ressaltar que esse tratamento caseiro serve apenas para as unhas que ainda não possuem nenhum tipo de inflamação.

E ainda que a técnica dê uma boa ajuda, é recomendável procurar a opinião de um profissional. Prevenir nunca é demais.

Em casa são apenas os cuidados paliativos, que contam com analgésicos e anti-inflamatórios. Mas se notar qualquer incômodo para andar, vermelhidão ou até secreção, em hipótese alguma tente mexer.

Essas soluções caseiras são apenas para as unhas que estão causando um leve incômodo, começando a encravar.

O que Não se Deve Fazer

Aquelas dicas que circulam por aí devem ser avaliadas com muito cuidado.

Cortar a parte que está encravada, cortar a unha em “v” ou colocar um curativo apertado, só irão agravar a situação.

Unha encravada é um assunto sério e deve ser tratada como tal.

Quando ir ao Podólogo?


O podólogo é o profissional que vai tratar corretamente a unha encravada em situações mais graves.

Ele é um profissional habilitado, que vai saber exatamente qual o tipo de tratamento que deverá ser aplicado à situação.

Uma boa maneira de evitar esse tipo de mal, é frequentar periodicamente esse profissional. Ele vai manter o formato ideal e tomar os cuidados para que a unha não encrave.

Quando ir ao Médico?

Existem situações que poderão exigir que a pessoa acometida pelo desconforto da unha encravada vá ao médico.

Essa atitude serve para prevenir que uma simples técnica resulte em situações mais sérias. Se você se encaixa em uma das situações a seguir, vá ao médico.

  • Diabetes;

  • Unha muito encravada com pus e inflamação;

  • A unha encravada interfere na circulação;

  • Muito inchaço na região;

  • Lesões na área afetada;

Unha Encravada com pus

Deverá ter um acompanhamento de um dermatologista, pois será necessário o uso de pomadas antibióticas.

O tratamento inclui a suspensão da parte encravada, e a utilização de algodão ou gaze no local, que evitarão que ela encrave novamente.

Outros médicos poderão optar por cortar os cantos da unha, removendo pequenos pedaços que encravaram.

Cirurgia

Se as técnicas acima não solucionaram, é possível que uma cirurgia seja solicitada. Sobretudo se tiver carne esponjosa no local.

A cirurgia conta com uma anestesia local e a retirada de parte da unha, na maioria dos casos. Algumas situações poderão pedir a aplicação de um ácido, como o nitrato de prata, que será responsável por desintegrar partes da unha.

Seja qual for a situação da sua unha encravada, todo cuidado é pouco. Afinal, os pés nos sustentam durante todo o tempo.


20 visualizações
Way Above The Skyline - BlueFoxMusic
00:00 / 00:00
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

Av. Jorge João Saad, 994 - Morumbi, São Paulo                                                                                      Tel: (11) 3771-3450 | (11) 94449-9944